Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dicas da Oksi

Receitas saudáveis&vegetarianas, dicas de beleza naturais, curiosidades alimentares e outras utilidades naturais.

Chucrute/Sauerkraut - Receita

DSC_0034.JPG

Hoje vou partilhar com vocês a tradicional receita do tão conhecido probiítico - chucrute. Para quem não conhece este alimento, chucrute é basicamente repolho fermentado. Normalmente é usado repolho branco e podem-se adicionar também outros legumes em menor quantidade, como a cenoura.

 

O processo que transforma um simples repolho num poderoso probiótico é a lacto-fermentação. Apesar de ter o termo "lacto" no nome, não tem nada a ver com lactícios mas sim com bactérias Lactobacillus, criadas neste caso através de fementação de vegetais com sal.

 

Vejo muitas receitas de chucrute que, para além de repolho e sal, adicionam água, iniciantes de fermentação, vinagre, kombucha, etc...no entanto, nenhum destes ingredientes é necessário, pois para fermentar os legumes basta e sal e um pouco de paciências para esperar alguns dias até o produto estar fermentado!

 

Ingredientes:

 

  •  Repolho branco, inteiro ou então metade
  •  Uma cenoura média, ou metade de uma (opcional)
  •  Sal grosso 

 

Vão precisar também de uma mandolina para cortar o repolho (usei o Borner cortador de legumes) ou no caso de não terem um, de uma boa faca grande e umas mãos prontas para trabalhar! Para a cenoura também podem usar um cortador de alimentos que faça juliana fina ou então um ralador normal.

 

Receita:

 

1 - Picar o repolho numa juliana muito fina, bem como a cenoura, usando um cortador de alimentos, uma faca ou um ralador. Combinar o repolho com a cenoura cortada numa superfície limpa e plana.

 

2 - Salpicar com um pouco de sal grosso. Massajar os legumes, incorporando o sal, para que estes libertem os sucos. Este processo deve ser feito por cerca de 10 minutos ou até ou legumes diminuírem de volume e tornarem-se translúcidos e suculentos.

 

3 - Guardar o preparo num frasco de vidro, fora do frigorífico, durante cerca de 3-4 dias para fermentar. No Inverno cosutma levar uns 4 dias e no Verão, por causa da alta tempera, metade do tempo. Ao colocar o preparado no recipiente, este deve ser constantemente empurrado para o fundo do mesmo, deixando o mínimo de espaço vazio com ar dentro do frasco. Deixa-se o recipiente aberto e com algum tipo de peso por cima do repolho, para compactá-lo e garantir que fica coberto de sumo. Este tipo de conservação vai fazer com que o repolho fermente e que passe a ser um probiótico. 

 

Para saberem se o repolho está fermentado ou não, basta prová-lo: quando fermentado, tem um sabor mais salgado e ligeiramente gaseificado e até picante. Depois de fermentado deve ser guardado no frigorífico, aguentando cerca de uma semana. Para qualquer dúvida basta comentarem neste post :)

 

DSC_0050.JPG

DSC_0042 (2).jpg

 

DSC_0034.JPG 

 

18 comentários

Comentar post

Sobre a autora

Sou a Oksana, apesar de ser mais conhecida por Oksi e sou apaixonada por culinária vegetariana e pela fotografia. Sou estudante de Psicologia Clínica e dedico-me também à realização de workshops de culinária vegetariana.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

WORKSHOP HAMBÚRGUERES PORTO (Nova data):

WS PrROBIÓTICOS PORTO (nova data):

Códigos de desconto:

Instagram